Como funciona a Gestão de Banca

Têm-nos chegado diversas questões de apostadores que questionam porque é que começaram a realizar apostas desportivas exatamente ao mesmo tempo que outro amigo, iniciaram-se no mesmo tipo de apostas, na mesma casa de apostas, mas que têm rentabilidades completamente diferentes.

Essas diferenças devem-se à gestão de banca que fazem. Assim sendo, hoje vou explicar-lhe o que é e como funciona a gestão de banca, para que possa melhorar o valor das apostas que faz e não perder tanto dinheiro.

Gestão de Banca – O que é e como funciona

A parte da gestão de banca que vamos apresentar hoje é mais direcionada para apostadores que pratiquem apostas simples e não apostas de trading (uma vez que para este tipo de apostas não é tão linear).

Qualquer apostador deve escolher um tipo de gestão de banca que mais se adeque às apostas que realiza (assim como às suas necessidades).

De forma a ajudá-lo, vamos apresentar-lhe dois modelos distintos de gestão de banca que poderá adotar:

  • Percentagem fixa;
  • Montante fixo da banca inicial de cada período;
  • Vamos apresentar também o sistema de Martingale, como um exemplo de gestão de banca que não deve seguir.

Antes de lhe explicar ao certo como é que cada um destes tipos de gestão de banca funciona, saliento que qualquer sistema que escolha deve ser o mais simples possível, de modo a que não desmoralize e desista da prática do mesmo.

Existem diversos casos em que apostadores já com alguma experiência perdem todo o dinheiro que têm para apostar, e acredite, não é algo que aconteça raramente. É importante salientar, que este tipo de perda não acontece porque os apostadores não têm jeito, ou não fazem análises e previsões estatísticas ou não acompanhem os eventos em direto.

Na verdade, acontece inúmeras vezes, esses apostadores terem “azar” 2 ou 3 vezes seguidas, não saberem ao certo como gerir as suas emoções no que respeita as apostas desportivas, mas principalmente porque não têm uma gestão de banca adequada, pois se tivessem, nunca iriam perder todo o valor total da sua banca.

Tipos de gestão de banca nas apostas desportivas

Martingale

Tal como indicámos anteriormente, vamos começar por explicar o sistema de gestão de banca que não deve utilizar.

O sistema de gestão de Martingale funciona da seguinte forma:

Aposta 1€ e se perder duplica a aposta (e funciona sucessivamente desta forma até que ganhe, quando voltar a perder recomeça a duplicar novamente o valor) de forma a cobrir o valor que perdeu.

Embora este sistema seja bastante simples, não é de todo recomendado, pois embora o ajude a recuperar de uma só vez tudo o que perdeu, é necessário um grande investimento em caso de diversas perdas sucessivas. Ora veja o exemplo.

Exemplo Martingale

Um apostador tem 100€ de banca e gere a sua banca com o modelo Martingale (note que não vou colocar aqui eventos por uma questão prática).

Neste exemplo, o apostador começa por apostar 2€.

Aposta 1 – 2€ de aposta – Perdeu

Aposta 2 – 4€ de aposta – Perdeu

Aposta 3 – 8€ de aposta – Perdeu

Aposta 4 – 16€ de aposta – Perdeu

Aposta 5 – 32€ de aposta – Perdeu

Aposta 6 – 64€ de aposta – Perdeu

Aposta 7 – 128€ (já não consegue apostar a totalidade necessária para que consiga recuperar o valor perdido, sendo o mais comum neste caso é o apostador apostar o remanescente – 36€ – se perder a banca vai ficar sem qualquer dinheiro).

Os dois tipos de gestão de banca que lhe vou apresentar de seguida, já são bastante comuns e são soluções que podem ser utilizadas de forma consistente e que lhe vão então permitir originar perdas inferiores (que aconteceriam caso não fizesse a correta gestão da sua banca).

Percentagem fixa

Este tipo de gestão de banca funciona tendo por base o pressuposto que apenas vai apostar no máximo uma percentagem fixa do valor que tem disponível na banca (e desta forma nunca fica sem dinheiro).

É talvez o tipo de gestão de banca que deve ser utilizada, sobretudo por novos apostadores que ainda não sabem ao certo como funcionam as apostas desportivas.

Veja o seguinte exemplo.

Exemplo percentagem fixa

Um apostador tem 100€ de banca e gere a sua banca com o modelo de percentagem fixa de 10% (note que não vou colocar aqui eventos por uma questão prática).

Aposta 1 – Aposta 10€ – Ganha – Valor da banca – 110€

Aposta 2 – Aposta 11€ – Perde – Valor da banca – 99€

Aposta 3 – Aposta 9,9€ – Perde – Valor da banca – 89,1€

Aposta 4 – Aposta 8.9€ – Perde – Valor da banca – 80,2€

Aposta 5 – Aposta 8,2€ – Perde – Valor da banca – 72€

Como pode ver, ao utilizar este tipo de gestão de banca permite-lhe nunca ficar sem dinheiro (a não ser que não consiga mesmo ganhar nenhuma aposta).

O contrário neste sistema também é valido, pois se em vez de perder as apostas as ganhar, o valor que vai apostar será sempre superior (permitindo-lhe ganhar mais).

Montante fixo da banca inicial de cada período

Embora este tipo de gestão de banca não seja tão rigoroso como o anterior, é também um bom sistema que pode ser aplicado. A sua principal vantagem passa por não necessitar de fazer contas constantemente, pois define uma percentagem do valor que vai gastar, mas para determinado período temporal (por exemplo 1 semana).

Desta forma, o valor obtido pela percentagem que vai apostar. Veja um exemplo.

Exemplo montante fixo

Um apostador tem 100€ de banca e gere a sua banca com o modelo de Montante fixo da banca inicial de cada período com 10%. O apostador começa as suas apostas a dia 1 de janeiro.

Semana 1 – Aposta 10€ – Ganha

Semana 2 – Aposta 10€ – Ganha

Semana 3 – Aposta 10€ – Perde

Semana 4 – Aposta 10€ – Ganha

Semana 5 – Aposta 10€ – Perde

Assim sendo, ao final de 1 mês o valor da banca é de 110€ pois embora tenha ganho 3 das suas apostas, perdeu 2, logo o saldo positivo é de apenas 10€.

Agora que já sabe como funciona a gestão de banca, já pode escolher um destes modelos para começar a gerar ganhos controlados e perdas inferiores (não correndo desta forma o perigo de ficar com a banca a zeros).

Auxilio para gestão de Banca

Após a escolha do seu método de gestão, deve considerar utilizar uma folha de calculo para registar as suas apostas, mas mais que estar aqui a escrever, gostaria que visse um video que o Roberto Teixeira elaborou que mostra de forma simples e prática como utilizar:

Resta me desejar-lhe boas apostas e como diz o Roberto, Aposta com Responsabilidade

Casa de Apostas Recomendada