Como tirar partido do histórico de apostas

Este tópico é voltado para aqueles que já apostam há algum tempo, uma vez que já conseguem ter um histórico de apostas consolidado, ou seja, já fizeram diversas apostas, em dias diferentes, com valores diferentes e obtiveram com toda a certeza resultados diferentes.

No entanto, quem ainda se encontra a começar a apostar, pode beneficiar desde já desta informação, para que quando tiver já um historial poder analisá-lo de forma a tirar partido do mesmo, para fazer novas apostas e conseguir obter lucros superiores.

Porque deve analisar o seu histórico de apostas

É muito comum os apostadores começarem por apostar como forma de lazer, mas depois acabam por encarar as apostas desportivas com outros olhos.

Assim sendo, mesmo que esteja a começar, é importante que aponte todas as suas apostas num mapa de excel ou até mesmo num caderno, para que no final da semana (ou num período determinado por si) possa analisar tudo o que realizou de forma a poder criar um “plano de melhoria”.

O Roberto, aborda neste video uma ferramenta para fazer esta gestão, passa por lá 
https://youtu.be/CsbkPBmd7nY

Ao analisar esse mapa que contém o seu histórico de apostas vai conseguir analisar as seguintes informações:

Valor ganho;

Valor de perdas;

Número de apostas ganhas;

Número de apostas perdidas;

Percentagem de ganhos;

Percentagem de perdas;

Número de apostas realizadas;

E agora está a pensar “Porque é que esses dados são importantes”?

A verdade é que estes dados são importantes porque se quer ser um trader profissional e ganhar sempre de forma consistente é importante que vá tendo sempre a sua estratégia alinhavada.

Assim sendo existem duas questões que deve analisar sempre.

1 – Analisar as perdas

Embora as perdas devam ser analisadas no mesmo dia em que ocorrem, é importante manter um registo fidedigno das mesmas para que possa sempre saber qual é que foi o erro cometido (ou se se tratou mesmo de uma situação de azar), para que posteriormente não o volte a cometer.

Um bom apostador aprende com os seus erros. Embora no início haja uma maior probabilidade de errar, se cometer muitas vezes o mesmo erro é sinal que não analisa o que correu mal no fim de uma aposta.

Assim sendo, uma análise ao historial de apostas é o ideal para ver todos os erros que foram cometidos num determinado período de tempo, para que não vale a cometê-lo (ou seja, para que não volte a perder dinheiro por esse mesmo motivo).

2 – Analisar os ganhos

É comum que os apostadores analisem apenas as suas perdas, pois pensam que só as mesmas é que são responsáveis pela perda de dinheiro. No entanto esta situação não é real.

Quando ganha, tem de saber se foi porque a aposta foi realmente realizada com valor esperado positivo, se todos os parâmetros de análise estatística e qualitativa do evento foram realizados corretamente, ou se teve simplesmente sorte e o jogo acabou por correr de acordo com as suas expectativas.

Assim sendo, deve pelo menos uma vez por semana, analisar o histórico de ganhos e perdas (e consequentemente o rácio dos valores ganhos e perdidos) para que possa de futuro melhorar a sua leitura do jogo e das apostas que realiza. Ou seja, deve tratar os ganhos como se fossem perdas.

Como fazer um histórico de apostas

Existem diversas maneiras de se fazer um histórico de apostas, no entanto, vamos dar-lhe um exemplo prático que poderá adotar no caso de não saber muito bem como o fazer.

Exemplo

Um bom histórico de apostas contem sempre pelo menos os seguintes dados:

Data – 30/09/2016

Campeonato – Liga NOS

Evento – Benfica Vs. Sporting

Aposta feita – Sporting

Cota ao vivo – Não

Odd – 1.96

Aposta – 15€

Resultado – Exemplo: 1 – 2 (Colocar o resultado do jogo)

Caixa – 250€

Observações – Deve colocar qualquer tipo de informação que ache relevante, por exemplo: o Sporting ganhou o jogo com um golo no último minuto ou analisei bem o evento, mas o Benfica empatou no último minuto, por isso perdi, mas realizei uma aposta de valor.

Agora que já sabe porque é que é benéfico ter um historial de apostas, deve começar desde já a apontar todas as suas apostas para que possa saber o motivo pelo qual perde. Caso algum dia lhe perguntem por que motivo perdeu diversos jogos não responda “ah tive azar” (ninguém perde muitos jogos por azar, perdem-se muito jogos por falta de estratégia e de análise critica).